Ecetistas do Piauí, em assembléia, decretaram Greve por tempo indeterminado

 In Notícias, Uncategorized

Em Assembleia Geral realizada na última quarta-feira (26) no pátio do edifício sede dos Correios, os trabalhadores dos Correios do Piauí decretaram greve por tempo indeterminado. Mais uma vitória para os trabalhadores, que permanecerão unidos, lutando por direitos e pela empresa, contra a privatização. Nesta quinta-feira, a concentração dos trabalhadores está acontecendo em frente ao GCTCE, no Monte Castelo.

Ecetistas de todo o Brasil vão permanecer mobilizados enquanto a direção da ECT não recuar na retirada de direitos promovida com insistência. A empresa, que constantemente alega à mídia falta de recursos financeiros, com declarações negativas do presidente Guilherme Campos, mas permanece, no entanto, promovendo gastos exorbitantes com patrocínios e viagens de vice-presidentes, por exemplo.

Enquanto isso, promove intenso assédio moral contra os próprios empregados, ameaçando cortes como o das férias e cobranças, como no plano de saúde.

Preocupada com o lucro, a direção dos Correios tem abandonado o caráter social da empresa, com descaso à sociedade. Essa perderá, pois diversas agências já estão sendo fechadas. Boa parte da população brasileira não terá acesso aos serviços bancários e postais em locais onde os Correios são os únicos a chegar.

É hora de levantar as bandeiras de luta e ir para as ruas mostrar ao povo e à gestão da ECT que a categoria não vai aceitar o desmonte do patrimônio nacional. A estatal é dos brasileiros e precisa ser mantida, pelo bem dos 117 mil trabalhadores de todo o país e dos clientes espalhados no território brasileiro.

Além do Piauí, os sindicatos que aderiram a Greve foram: ACR, AL, AM, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, JFA (MG), URA (MG), MT, MS, PA, PR, RJ, RN, RO, SC, TO, PB, PE, RS, SMA (RS).

Em São Paulo: RPO, BRU, VP, STS, CAS, SJO, SPI.

 

Recommended Posts

Fale Conosco

Contact Us