Sintect-PI garante marcação e concessão de férias a partir de janeiro de 2018

 In Notícias, Uncategorized

Desde que a ECT decidiu suspender as férias dos trabalhadores, em março deste ano, que o jurídico do Sintect-PI luta para garantir as férias dos ecetistas. Através do processo (ACP 0000977-59.2017.5.22.0001), já havíamos garantido as férias dos trabalhadores até dezembro de 2017 e que já estavam agendadas desde outubro de 2016. Agora, a nova liminar (ACP 0002521-73.2017.5.22.0004), concedida pela juíza da 4ª vara do trabalho, Lisiane Maia Alencar, garante a marcação e concessão das férias com início em janeiro 2018. Pois, a ECT até agora não programou as férias dos trabalhadores, sendo que cerca de 25% da categoria tira as suas férias entre janeiro e fevereiro, por serem os meses de baixa demanda de serviços.

Na decisão, a juíza ainda determina que “a ECT programe, de forma imediata, as férias anuais dos empregados para gozo e fruição no próximo exercício, sob pena de arbitramento de multa diária em caso de descumprimento”.

Porém, mesmo com a garantia das férias ter sido determinada por decisão judicial, os Correios publicaram no dia 23/11, um Primeira Hora, informando o encerramento da suspensão das férias. Mas queremos deixar bem claro que independente dessa decisão da ECT, o Sintect-PI já havia garantido as férias através de decisão judicial. Ou seja, a ECT quer se aproveitar de uma luta dos trabalhadores para sair “com boas intenções” na história, quando na verdade, a direção da empresa, através de Guilherme Campos, tem tomado decisões que prejudicam o direito dos trabalhadores.

A suspensão das férias acarretaria enormes prejuízos aos trabalhadores, que já haviam planejado, como em todos os anos, em conjunto com as suas famílias, toda a programação a ser feita no mês destinado às férias, com prejuízos financeiros, com compras de passagens e reserva de hotéis, as quais, casos desfeitas, causariam transtornos desnecessários quanto a eventual restituição de valores já gastos e reprogramação do período para início do gozo das férias. Além disso, muitos trabalhadores usam o dinheiro das férias também para a realização das matrículas escolares e compras de matérias, livros e etc.

 

Recent Posts

Fale Conosco

Contact Us